quarta-feira, 23 de abril de 2014

Todo Caminho Me Leva A ti



Vou correndo te encontrar
Perto, longe em qualquer lugar
Fico com pressa de chegar
Lembrando de ti e a estrada a passar

Pelo tempo alço voo
Desbravando terras, montes, morros...
Não sei por quanto tempo percorro
Essa saudade que grita por seu socorro

Nem tempo e nem distância hão de sufocar
Nosso amor, nossa vida, nosso lar...
Nem batalhas que não possa lutar
Para te ver, te beijar e te amar

Anseio pelo nosso encontro
Cheios dessa saudade monstro
Que nos atormenta ser adentro
Do amor um etéreo sofrimento

E quando chego e te vejo
Meus olhos sorriem e a boca pede um beijo
No abraço apertado sentimos nosso desejo
Então nos entregamos... e corpos, exauridos, antevejo

Do mesmo autor:
Livro poesias para TODA FORMA DE AMOR.
Disponível no site CLUBE DE AUTORES e na Livraria Gutemberg do Boulevard shopping São Gonçalo






segunda-feira, 7 de abril de 2014

Entreolhares


Fico um tempo te olhando
Meus olhos param nos seus
Nossas faces coradas do momento
O mundo em volta se perdeu

Todo o som ensurdeceu
Nada nos priva deste instante
Nem ser vivente, nem que morreu
Nem a incerteza do futuro distante

Frente a frente nos colocamos
Todo o corpo arrepiado
Para nossos lábios entreolhamos
Nos falamos calados

Sem nos preocuparmos com o tudo
Nos sorvemos os lábios
O beijo de amor, desejado e mudo
É longo, doce e sem pecados