quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Sou Sorrisos


Em meu sorriso é verão
E verão, todos, em mim você
Ter sonhos agora, importa ou não
Vão, esse que tem a vida, salto sem perceber

Mesmo quem não me conhece
Reconhece em mim a felicidade
Fruto dos momentos que me concede
E da sua alegria que me invade

Das coisas que importam, nada
Esse amor sustenta minha alma
Vês esse sorriso que em meu rosto alarga
É culpa desse amor que me acalma

E como se fosse o último dos dias, vivo
Ciclos que se renovam por você
Entender não se pode, nem é preciso
Conciso é esse amor de viver


Compre aqui o livro 'poesias para TODA FORMA DE AMOR'

2 comentários:

  1. Bom, enquanto não existir outra forma de expressar minha admiração pelas lindas poesias que escreve, aceite os meus: PARABÉNS! Um amor que nos arranca sorrisos e suspiros, digno de uma belíssima composição poética. Tenho muita admiração por você. Muita mesmo.

    Beijão grande.
    Dan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já disse antes, Gago, vc me mima demais! Obrigado, amigo!

      Excluir